terça-feira, 25 de maio de 2010

"Vida Sintética?"

Revoluções na ciência costumam ocorrer a partir de eventos críticos que abrem novos horizontes e uma nova linguagem para a produção do conhecimento. Parece ter sido esse o caso da recente conquista de Craig Venter e sua equipe, que, em linhas gerais, conseguiram fazer uma bactéria funcionar com um genoma artificial. Esse evento tem sido aclamado como a chegada da vida artificial, abrindo novas e perigosas possibilidades para o uso dessa tecnologia. Venter, no entanto, adverte que não se trata exatamente de vida artificial, pois apesar do genoma ter sido sintetizado no seu laboratório, ele foi aplicado num organismo vivo de origem "natural".

O próprio Vaticano reconheceu a nova descoberta como um avanço, mas pediu cautela e advertiu sobre os problemas éticos que surgem a partir dos usos da nova tecnologia, preocupação que parece ser compartilhada também pelo Presidente dos Estados Unidos, Obama, que pediu para a Comissão de Ética da Casa Branca fazer um estudo sobre as implicações da nova descoberta. Essas duas declarações revelam, na verdade, problemáticas diferentes: enquanto a Igreja Católica está preocupada com o status da vida diante da possibilidade do homem criar organismos vivos, privilégio até então reservado unicamente ao criador supremo; o presidente Obama parece estar preocupado com possíveis usos terroristas desta nova tecnologia, sejam eles do exército americano ou de seus inimigos.

De qualquer forma, estamos vendo que, por um lado, a nova descoberta abre novas e promissoras possibilidades na área da saúde e do meio ambiente, com o uso de organismos sintéticos para combater doenças e controlar os efeitos de desastres ecológicos como o que acompanhamos há pouco tempo no Golfo do México; por outro lado, existe uma precaução muito grande em relação aos riscos envolvidos com o mau uso da tecnologia.


Para quem quer se informar um pouco mais sobre o recente advento científico que pretende revolucionar a ciência contemporânea, a Discovery Channel vai passar, no dia 13 de junho, as 22hrs, o documentário “Creating Synthetic Life”, mostrando em detalhes o trabalho de Venter e sua equipe.

3 comentários:

Valéria disse...

Adorei o post.
Vou tentar assistir na TV.
Saudades
Bjs

Leti Abreu disse...

Sabe queeu vi no "Fantástico" e ouvi o debate na Gaúcha, este último muito mais aprofundado e fiquei pensando nessa história. Por um lado, a questão de amenizar os desastres ambientais, como as substâncias tóxicas nas águas e a possibilidade de uma melhoria na qualidade de vida parecem entusiasmar muitos; mas por outro, pensando a questão da patente (que diz que Craig detém e não libera para outros cientistas), esta tecnologia, além de ser usada pra guerra, como teme Obama, pode também ser usada como mais uma forma de exclusão, melhorando e quem sabe até eternizando (já que se trocaria os tecidos e órgãos doentes por novos em folhas semi-artificiais) a vida de quem tem dinheiro para esta vida eterna, e excluindo quem não tem deste processo; pior, porque o mundo ficaria superlotado com estes que não morreriam e a disputa por recursos naturais poderia se tornar selvagem, como uma lei do mais forte, ou melhor, do mais rico. Viajei um monte nesta questão, ehehehe, e sei que ainda, talvez, estejamos muito longe deste "Admirável Mundo Novo", bem como o contado por Huxley, porque este pode ser apenas um passo que demorará centenas de anos... mas enfim, é uma questão bem polêmica e que precisa ser debatida com muita cautela.

Diego Soares - Antropólogo disse...

Olá Leticia, você tem toda a razão. É a velha história do uso da tecnologia e da própria ciência para fins indevidos ou até mesmo destrutivos. Temos bons exemplos históricos de mau uso da tecnologia, a bomba atômica é apenas o mais conhecido. Por outro lado, quando bem usada, a ciência e a tecnologia podem salvar vidas. Talvez o exemplo mais claro seja o avião, que pode ser usado como meio de transporte ou como um instrumento de guerra. A sua contribuição no blog é sempre muito bem vinda! Valeu...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...